Licença CAPPE » Negócio mais viável do que loja própria

 

licenca-cappe-viavel2Nos dias de hoje a maioria das pessoas querem abrir o próprio negócio para obter a independência financeira, porém em muitos casos o empreendedor não tem conhecimento de todas as áreas que envolvem uma empresa e com isso acaba tendo uma iniciativa frustrada.

Em qualquer negócio existem 4 áreas que devem ser bem trabalhadas para o sucesso do mesmo: Marketing, Logística, SAC e TI. Com a Licença CAPPE o empreendedor fica com 1 fatia das responsabilidades (Marketing) enquanto a CAPPE fica responsável pela parte mais burocrática do negócio.

Neste artigo abordaremos informações comparativas sobre a Licença CAPPE e a loja própria. 

Primeiramente gostaria de falar um pouco sobre o custo operacional e administrativo mínimo mensal que uma loja própria possui que é de aproximadamente R$4.000,00, contando que nessa haverá apenas 1 funcionário na equipe. Nesse custo estão inclusos as seguintes despesas:

– Aluguel comercial;
– IPTU comercial;
– Taxa de contabilidade;
– Luz comercial;
– Água comercial;
– Telefone comercial;
– Internet comercial;
– Salário de 1 Funcionário;
– 13º do funcionário;
– Férias do funcionário;
– Materiais de escritório;
– Sistema de ERP (Gestão Empresarial com emissão de NF-e).

 

Abaixo coloco a tabela de percentual de lucro da Licença CAPPE que fará parte dessas nossas análises:

 Valor total de vendas no mês realizadas na loja virtual licenciada Percentual de lucro a receber

Nível 1

Até R$15.000,00

6,00%

Nível 2

De R$15.000,01 a R$30.000,00

8,00%

Nível 3

De R$30.000,01 a R$80.000,00

10,00%

Nível 4

Acima de R$80.000,01

12,00%


 

Veja na tabela acima que quanto mais você vender no mês maior será seu percentual de lucro e consequentemente maior o seu lucro.

Considerando que na área da saúde o lucro sobre a venda de produtos gira em torno de 15 a 20% sobre o valor final de venda, vamos analisar abaixo supondo sempre o percentual de lucro maior da loja própria e a tabela acima da Licença CAPPE.

 

ANÁLISES:

 

1) » Vendendo R$10.000,00

Loja própria (20%): R$2.000,00 – R$4.000,00 de custo da loja própria = R$2.000,00 de prejuízo

Licença CAPPE (6%): R$600,00 de lucro

2) » Vendendo R$20.000,00

Loja própria (20%): R$4.000,00 – R$4.000,00 de custo da loja própria = R$0,00 de lucro

Licença CAPPE (8%): R$1.600,00 de lucro

3) » Vendendo R$30.000,00

Loja própria (20%): R$6.000,00 – R$4.000,00 de custo da loja própria = R$2.000,00 de lucro

Licença CAPPE (10%): R$3.000,00 de lucro

4) » Vendendo R$40.000,00

Loja própria (20%): R$8.000,00 – R$4.000,00 de custo da loja própria = R$4.000,00 de lucro

Licença CAPPE (10%): R$4.000,00 de lucro

5) » Vendendo R$50.000,00

** Loja própria (20%): R$10.000,00 – R$4.000,00 de custo da loja própria = R$6.000,00 de lucro

Licença CAPPE (10%): R$5.000,00 de lucro

6) » Vendendo R$60.000,00

** Loja própria (20%): R$12.000,00 – R$4.000,00 de custo da loja própria = R$8.000,00 de lucro

Licença CAPPE (10%): R$6.000,00 de lucro

7) » Vendendo R$70.000,00

** Loja própria (20%): R$14.000,00 – R$4.000,00 de custo da loja própria = R$10.000,00 de lucro

Licença CAPPE (10%): R$7.000,00 de lucro

8) » Vendendo R$80.000,00

** Loja própria(20%): R$16.000,00 – R$4.000,00 de custo da loja própria = R$12.000,00 de lucro

Licença CAPPE (12%): R$9.600,00 de lucro

 

** É importante deixar claro que quanto maior for o volume de vendas de uma loja maior será o seu custo operacional e administrativo, pois será necessária uma estrutura maior para atender com total capacidade e rapidez o volume de vendas.

 

 

Observações:

» Se deseja obter um bom lucro, independente de ser com a Licença CAPPE ou loja própria, tem que se pensar em volume de vendas, pois não adianta, por exemplo, querer R$5.000,00 de lucro vendendo R$10.000,00 apenas.

» O licenciado que mudar de nível de percentual de lucro irá iniciar o mês seguinte com o mesmo percentual do mês que fechou, mas caso ele não mantenha o volume de vendas do respectivo nível de percentual de lucro ele cairá no próximo mês para o 1º nível (6%).

Ex:

* Em janeiro o licenciado vendeu R$10.000,00 e então ganha 6%;

* Em fevereiro o licenciado vendeu R$16.000,00 e então ganha 8%;

* Em março o licenciado vendeu R$5.000,00 e mesmo assim ganhará 8%;

* Em abril o licenciado vendeu R$7.000,00 e aí ganhará 6% devido não ter mantido o volume de vendas do nível 2 de percentual de lucro.

Share Button
0